Sentimentos - Adail Alencar

Publicado em: 21/02/2020 às 13h57

Assessoria

Foto: Divulgação

Adail Alencar Tavera, poeta e escritor

Sentimentos são vendavais, turbilhões, entrega, carinho, ternura semeada, sentimentos são borbulhar de emoções, são palavras de amor pra mulher amada. Sentimentos são, às vezes, furacões, fazendo o coração se apaixonar, sentimentos são carícias, doações, e como é delicioso compartilhar.

Sentimentos são gestos de carinho, um sorriso no rosto como um presente, é seguirmos juntos o mesmo caminho, curtindo o amor que a gente sente. Sentimentos são uma saudade constante, quando estamos longe de um amor querido, sentimentos é um desejo ardente, sentimento é cada momento revivido.

Sentimento é te amar com paixão, e falar que te amo bem baixinho, sentimento é fazer do amor doação, é dividir com amor muito carinho. Sentimento é estar contaminado, por um vírus que não tem cura, sentimento é um grito sufocado, sentimento é essa explosão de ternura.

Sentimento é sonhar acordado, pensando em como é lindo esse sonho, sentimento é estar apaixonado, sentimento são esses versos que componho. Adail Alencar Taveira. Dourados, 21-12-2.016 às 12:27 hs.

--

IAJANDO PELAS SUAS CURVAS

Um beijo levado pelo vento, uma carícia que voa para um coração, um oferecer de sentimentos, um compartilhar de emoção. Ah! se eu pudesse tocar um violão, com os acordes suaves do seu dedilhar, colocaria toda a minha emoção, e até me arriscaria a cantar. Embora eu não mereça, mas não é proibido sonhar, te beijaria dos pés a cabeça, e te faria levitar. O seu corpo é um violão, e adoro viajar pelas curvas dessa estrada, nos acordes de uma canção, te dizer que você é muito amada.

Hoje recebi um presente delicioso, minha musa me fez um doce acalanto, um cafuné que me deixou dengoso, e que alivia qualquer pranto. Não importa esse amor sufocado, que não pode se expressar, mas é o canto de um homem apaixonado, que é viciado em sonhar. Essas curvas deliciosas da minha amada, adoro com minhas mãos desvendar, em cada canto faço uma parada, para o meu carinho ofertar.