Empresários conferem novidades em aviamentos e maquinário na Feira Tecnológica do Vestuário  

Publicado em: 19/07/2019 às 14h15

Assessoria

 

Com exposição de aviamentos, tecidos, maquinários, sublimação e serviços, a 2ª Feira Tecnológica do Vestuário do Senai Empresa, que começou na última terça-feira (16/07) e terminou nesta quinta-feira (18/07), no Senai de Campo Grande, reuniu em só lugar representantes comerciais e empresários da indústria têxtil e do vestuário com o objetivo de melhorar o ambiente de negócios e melhorar a competitividade das empresas sul-mato-grossenses.

 

Segundo o gerente do Senai Empresa, Thales Saad, o evento é uma oportunidade de apresentar aos empresários trabalhadores das indústrias sul-mato-grossenses novas tecnologias em maquinários, com conceitos de indústria 4.0, além de aproximar os empresários do segmento têxtil do vestuário de representantes de serviços e produtos que atendam suas demandas e gerar novos negócios. “A ideia é apresentar novidades em equipamentos e processos para atualizar os empresários sobre soluções que podem ajudar a melhorar a competitividade das indústrias aqui do Estado”, afirmou.

 

Na avaliação do diretor do Sindivest/MS (Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Vestuário, Tecelagem e Fiação de Mato Grosso do Sul), Rodrigo da Costa Escavassa, o evento é uma oportunidade de melhorar o ambiente de negócios no segmento do vestuário. “Raramente vemos esse tipo de feira no nosso Estado, mas é algo que deveria ser fomentado, porque facilita a vida do empresário, que em um único lugar se atualiza, adquire novos conhecimentos e ainda pode fechar negócios, já que há vários expositores de equipamentos, aviamentos e tecidos”, comentou.

 

Repercussão

 

Para o empresário Cláudio Salomão, da Íris Compressiva, o evento é uma oportunidade de atualização referente às novidades do mercado. “O Senai Empresa está de parabéns pela realização dessa feira, que facilita a vida do empresário e do representante, porque a gente não consegue ver todas essas novidades numa única visita, além disso, teríamos de marcar cada dia com um representante diferente. Trouxe alguns funcionários para verem de perto as máquinas da Silmaq, para verem as novidades e analisarmos o que podemos adquirir”, considerou.

 

Ele reforçou que o segmento do vestuário de Mato Grosso do Sul aguarda por uma retomada e que para isso deve estar atento às novidades. “Precisamos estar preparados e antenados para que quando o mercado voltar aquecer, podermos apresentar aos nossos clientes produtos inovadores, produzidos por meio de processos inteligentes e de baixo custo, para garantir nossa competitividade”, completou.

 

O consultor de marketing da Cedro Têxtil, Douglas Sales, também destacou a chance de novos negócios. “Viemos de Minas Gerais para apresentar os nossos produtos. Acho importante divulgarmos em eventos como esses as nossas novidades, como o nosso jeans profissional, com tingimento que não desbota, e nosso tecido para linhas de segurança, que é mais resistente a rasgos e ainda garante conforto e mobilidade”, finalizou.