Juventus oficializa a contratação de De Ligt por R$ 360,8 milhões

Publicado em: 18/07/2019 às 08h54

Gazeta Esportiva

Agora é oficial! Um dos nomes mais comentados do mercado de transferências do futebol europeu, o zagueiro holandês Matthijs De Ligt é, enfim, jogador da Juventus. Nesta quinta-feira, a Vecchia Signora, por meio de sua conta no twitter, anunciou de forma oficial a contratação do defensor junto ao Ajax por 85,5 milhões de euros (cerca de R$ 360,8 milhões).

 

Com contrato válido até 2024, De Ligt teve sua cláusula de rescisão com a Juve fixada em 150 milhões de euros (cerca de R$ 633 milhões). Porém, válida apenas a partir do terceiro ano de vínculo. O valor total da negociação, inclusive, faz do holandês de 19 anos o defensor mais caro da história do futebol, superando a contratação de Van Dijk pelo Liverpool

“Maestria técnica, superpotência física, visão de jogo, gestão e interpretação da dinâmica ofensiva, propensão a marcar gols, principalmente de cabeça: Matthijs de Ligt é uma síntese perfeita do zagueiro moderno”, resumiu a Juventus em comunicado oficial.

Disputado por diversos clubes durante a janela, De Ligt esteve próximo de acertar sua ida ao Barcelona antes mesmo do anúncio do fim da última temporada, seguindo os passos do compatriota e ex-companheiro de Ajax De Jong. No entanto, a negociação não caminhou e, nas últimas semanas, a Juventus surgiu como favorita a ficar com o zagueiro, também por intermédio de Cristiano Ronaldo, que rasgou elogios ao jogador após a Liga das Nações.

 

A transferência do zagueiro holandês, que conta ainda com 10,5 milhões de euros (cerca de R$ 44,2 milhões) em bonificação e comissões, é a terceira maior da história da Juventus, ficando atrás apenas do português Cristiano Ronaldo (105 milhões de euros) e do argentino Gonzalo Higuaín (90 milhões de euros).

Com 1,89 m, de Ligt é conhecido por sua grande capacidade técnica, além do excelente posicionamento e jogo aéreo eficiente. Depois de disputar sua primeira partida profissional em 2016, aos 16 anos, e integrar a seleção holandesa desde os 17 anos, o defensor assumiu a faixa de capitão do Ajax e foi um dos destaques do time na última temporada, despertando o interesse dos rivais europeus.