Fechado para o futebol, Douradão é interditado até pela Prefeitura

Publicado em: 15/07/2019 às 15h27

Hélio de Freitas

Sem receber jogos do Campeonato Estadual em 2019 por falta de autorização do Corpo de Bombeiros, o Frédis Saldivar, o Douradão, o maior estádio do interior de Mato Grosso do Sul, vai ser fechado de vez, pelo menos temporariamente. A Prefeitura de Dourados, que administra a praça esportiva, anunciou a retirada de todos os projetos mantidos no local por problemas no sistema elétrico.

Construído na década de 80 para 30 mil torcedores, o Douradão há muito tempo deixou de receber esse público justamente por falta de condições de segurança.

Atualmente o estádio abriga a sede da Patrulha Mirim e a Funed (Fundação de Esportes de Dourados), que desenvolve vários projetos esportivos no estádio, entre eles o “Dourados Paralímpico”, que atende alunos com deficiência física, visual e intelectual nas modalidades de atletismo, judô e tênis de mesa.

Também funcionam no Douradão a Escola e Goleiros e o “Ginaslouquinhos”, outro projeto de alcance social.

De acordo com a prefeitura, a decisão de interditar totalmente o estádio foi tomada após vistoria da Secretaria de Obras do município constatar a falta de estrutura, principalmente na rede elétrica.

Ao Campo Grande News, a assessoria de imprensa da prefeitura informou que a Funed e todos os outros projetos sociais continuam funcionando no estádio. Até semana que vem o espaço deve começar a ser desocupado, assim que for providenciado outro local para atender os alunos.