Já classificado, Brasil perde para os EUA e enfrenta a Turquia na semi da Liga das Nações

Publicado em: 05/07/2019 às 10h35

Gazeta Esportiva

Já classificada e com o time reserva, a Seleção Brasileira de vôlei feminino caiu para os Estados Unidos na madrugada desta sexta-feira, em Nanquim, na China, pela fase final da Liga das Nações por 3 sets a 1, com parciais de 18/25, 19/25, 25/20 e 21/25. Com o resultado, as comandadas de José Roberto Guimarães enfrentarão a Turquia na semifinal de sábado.

As duas seleções já entraram classificadas para as semifinais da competição, sendo que a disputa, então, era pelo primeiro lugar do grupo A. Em quadra, entraram Roberta, Mara, Tainara, Amanda, Carol, Natália e Loranne, esta última o grande destaque da partida com 21 pontos – 19 de ataque, um de bloqueio e um no saque.

O jogo entre Brasil e Turquia, primeira do grupo B, acontecerá às 4h (de Brasília) de sábado, enquanto os Estados Unidos enfrentarão o vencedor entre China e Itália, em duelo que acontece ainda nesta sexta.

O jogo – Zé Roberto iniciou sem as titulares, que haviam garantido a classificação na madrugada de quinta. Assim, as norte-americanas abriram vantagem logo no início, sem estar atrás em nenhum momento da partida, fechando a parcial em 25 a 18, mesmo com as entradas de Macris, Paula e Gabi.

Melhor, a Seleção voltou disputando ponto a ponto praticamente o set inteiro, mas os Estados Unidos conseguiram abrir nova vantagem e mataram a partida, principalmente por conta da atuação de Jordan Thompson, que fez, ao todo 33 pontos no jogo, fechando a parcial em 25 a 19.

 

No terceiro set, a disputa pelo marcador continuou, com os times se alternando na liderança do placar, mas Mayany e Lorenne despontaram e conseguiram, com bloqueios seguidos, deixar o Brasil em vantagem, vencendo o set por 25 a 20.

Para fechar, o quarto set seguiu o mesmo roteiro dos anteriores, bastante acirrado. Com Thompson liderando o ataque, a seleção norte-americana conseguiu fechar a parcial em 25 a 21, mesmo com a boa atuação de Lorenne e de toda a equipe.