Dourados - MS, Quarta-feira 22 de outubro de 2014

Pedro Pepa sugere pintura de faixas à noite

 
 
Vereador Pedro Pepa também sugere escala de médicos para que população não fique sem atendimento no final de ano. Foto: Thiago Morais
Vereador Pedro Pepa também sugere escala de médicos para que população não fique sem atendimento no final de ano. Foto: Thiago Morais

Em indicação protocolada na sessão ordinária da semana passada, o vereador Pedro Pepa (DEM) sugere ao prefeito Murilo Zauith (PSB) e ao diretor-presidente da Agetran Walter Hora, que o serviço de pintura de faixas para pedestres nas vias públicas seja realizado no período noturno. Segundo o vereador, a pintura dessas faixas de identificação e organização do trânsito é de grande necessidade, porém, quando realizadas durante o horário de pico tem causado congestionamento e problemas diversos no trânsito, inclusive com a ocorrência de acidentes, conforme se tem notícias.

“Nossa sugestão contempla a solicitação de diversos motoristas. O trabalho que vem sendo realizado é digno de elogios, o que precisamos é nos adaptarmos aos problemas pontuais, ou seja, creio que a mudança de horário de realização agradaria ambas as partes, motoristas e equipe de trabalho que passaria a ter mais segurança com o número menos de carros circulando durante a noite”, diz Pepa.

O vereador afirmar ter conhecimento de todas as barreiras para que uma equipe trabalhe durante a noite, pois o turno é outro, a remuneração também é diferenciada. “As despesas aumentam se o trabalho for realizado à noite, até porque é necessária outra equipe; por conta disso, apresentei emenda ao Orçamento de 2014 prevendo recursos para essa finalidade”, anuncia o vereador Pedro Pepa.

SAÚDE

Outra solicitação feita pelo vereador diz respeito ao número de médicos nas unidades de saúde de Dourados durante as festividades de final de ano. No documento, Pedro Pepa alerta para o atual déficit de profissionais na rede pública e afirma que a situação merece maior atenção nesse período a fim de que a população não sofra as consequências.

“Sabemos que durante o final de ano muitos médicos tiram férias, dessa forma cabe aos gestores organizar uma escala de reposição a fim de que a população continue sendo normalmente atendida, até porque a demanda aumenta”, sugere.

 

Cadernos

Notícias
Entrevistas
Artigos
Fotos & Videos
Colunas

Notícias

Dourados
MS
Brasil
Mundo
Política
Esportes
Mais Notícias

Expediente

Trabalhe Conosco
Anuncie aqui
Termos de Uso

Rua: Antônio de Figueiredo, 2881
Centro - Cep: 79802-020
Dourados - MS

Tel: (067) 3427-5259

 

RSS do Jornal Preliminar

Assine e receba nossos informativos diários